Banner Diamante Plástico 10 anos
IndústriaNotícias

85% das empresas afetadas pelas chuvas no RS não tem seguro

Em um levantamento feito a partir de um formulário, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do RS mapeou que 85% atingidas pelos temporais não possuem seguro contra perdas ou danos. Os dados ajudam no processo de criação de planos de auxílio aos empreendedores e empresas

Conforme aponta o levantamento da Sedec RS (Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Sul), 85% das indústrias e empresas afetadas pela catástrofe climática no RS não possuem seguro contra perdas ou danos. Para essa estimativa, o Gabinete de Apoio ao Empreendedor da Seduc elaborou um formulário sobre danos, que teve 15,2 mil empresas respondendo durante o mês de maio. 

Empresa afetada pelos temporais no RS

No momento, aproximadamente 5.600 empresas permanecem inoperantes. Estes números servem para quantificar as perdas, bem como ajudar no desenvolvimento de um plano de ação para apoiar os negócios afetados. 

Leia mais:

Entre os portes mais atingidos, aparecem os pequenos negócios. Nesse sentido, 36,5% dos CNPJs afetados são microempresas. Enquanto, 26% MEI (Microempreendedores individuais) e 23% de empresas de pequeno porte. 

Diante disso, Ernani Polo, secretário de Desenvolvimento Econômico do RS, ressalta: “Precisamos do maior número possível de participantes para ter um melhor entendimento das perdas, o que vai ajudar na formatação de linhas de crédito adequadas para o perfil de cada empresa”.

Em relação aos desafios enfrentados pela empresa, a pesquisa aponta que uma das maiores dificuldades para os setores de comércio, indústria e serviços trata-se dos bloqueios de vias. Isso porque elas impedem o escoamento e captação de produtos. Já no setor agro, os principais desafios são as perdas na produção, assim como os danos à infraestrutura.

Com isso, metade das empresas da indústria indica que o escoamento de produtos encontra-se em uma situação grave. Enquanto isso, 56% do setor de serviços indica que os acessos danificados mostram-se como o principal impacto. 

Quer estar sempre informado sobre a indústria do plástico? Preencha o nosso formulário para receber novidades e conteúdo de qualidade do mercado plástico.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo